ECO Parque Arrail D’Ajuda - Porto Seguro/BA

Entrada do Parque


Em Porto Seguro-BA existe uma espécie de ilha chamada Arraial D’Ajuda, lá existem outras praias e o Eco Parque Arraial D’Ajuda, um parque aquático enorme e com várias atrações.
Para chegar até a ilha Arraial D’Ajuda é necessário pegar a balsa e atravessar uma parte do mar, cerca de 10 min aproximadamente. Recomendo ir bem cedo para a balsa e para o Parque, pois as filas são enormes. Tem fila para comprar o ingresso da balsa (R$ 3,00), fila para comprar o ingresso do parque (R$ 95,00) e fila para andar nos brinquedos aquáticos.
 

 Veja o esquema que fiz: fretamos uma Van (táxi) que levou a turma toda (ida e volta) até o parque aquático por apenas R$ 20,00 cada pessoa, com o ingresso da balsa incluído, assim não pegamos fila na balsa, pois já entramos de carro. Outra coisa importante foi que o rapaz da Van entrou em contato com o pessoal do Parque Aquático e pediu os nossos ingressos, assim quando chegamos na porta do parque não pegamos fila para comprar o passe de entrada. 
 
Foto na balsa
 


Recomendo os serviços da Central Van Porto Seguro, fale com o George Firmino Neto (Tel. (73) 88470839), ele foi nosso motorista, foi gentil e ajudou muito. É meio difícil ir de ônibus até a balsa e depois que você atravessa ainda tem que arrumar um transporte para te levar até o parque aquático que é longe, fretando uma Van você economiza tempo e ainda garante que alguém te espere na saída para te levar embora (só pagamos a Van quando estávamos em casa novamente).


Vista da balsa
 

Agora que já contei a super dica sobre como chegar ao parque é hora de falar do lugar. O Eco Parque é muito bonito, só as fotos que você tira lá já valem o valor do ingresso, existem inúmeros tobogãs (rápidos e lentos), piscina de ondas (isso mesmo!), rio lento para andar de boia, arquipélago de corais, rapel, hotel, área de alimentação e muitas outras atrações, não vou ficar falando, porque como vocês já sabem fotografei tudo. 










Uma outra dica importante é sobre a tirolesa, ela desce por quase todo o parque, mas a fila é grande, na verdade são duas filas, uma para pegar o equipamento e outra para descer na tirolesa, se você gosta de esportes radicais vá logo na tirolesa quando chegar ou não vai dar tempo, eu mesmo não consegui andar. O parque fecha as 17:00 hs e o tempo sempre passa rápido quando estamos nos divertindo.

Fila do equipamento da tirolesa

 



No fundo do parque fica o mar, bem azul e sem muitas pessoas, ideal para boas fotos. Veja só:

  

Minha foto preferida. Agradecimentos Tati e Akilis (meus primos)






O mar que fica no fundo do Parque é muito bonito e tranquilo.




Fiz vídeo no Parque também, clique aqui.  
  


Piscina de ondas

A única coisa ruim do parque são as filas para todos os brinquedos, mas eu estava em temporada então em outra época do ano deve ser mais tranquilo.
 
No Parque também havia uma área destinada a preservação e estudo de corais.





Finalmente acabaram meus relatos sobre Porto Seguro-BA, espero que tenham gostado e ajudado vocês com informações uteis. Gostaria muito de voltar ao parque, quem sabe em uma próxima viagem! 

Continuem acompanhando o blog, abraço!

Crônica: Quando eu era criança



 Quando eu era criança eu achava que bala de canela era feita de canela de gente. Eu não conhecia outro tipo de canela. Eu lembro que nunca fui muito fã de bala de canela, o gosto não era lá dos melhores, mas sempre que eu ganhava uma bala de canela eu ficava com ela na boca até o fim, mesmo que ardesse muito eu não cuspia, afinal era feita de canela de gente e isso era demais, bom eu achava.
Eu acreditava tanto que era de canela de gente de verdade que atribuía à cor estranha (aquele vermelho alaranjado) ao fato da origem da bala (canela de gente). Engraçado é que antigamente os adultos gostavam muito de bala de canela, sempre alguém tinha uma, na verdade acho que eles davam balas de canela as crianças para ver a reação delas, afinal aquela bala ardia muito na boca, as crianças não gostavam de bala de canela (nem de café), mas eu para contrariar ficava feliz quando recebia uma.
O tempo passou e claro que alguém me contou que a canela não era de gente, hoje balas de canela não tem mais tanta graça. Outro dia uma senhora no ônibus me ofereceu uma bala de canela, eu aceitei e me lembrei dessa história. A senhora em questão possui uma mercearia na cidade, agora já sei onde encontrar balas de canela ou quem sabe por lá eu encontre outras coisas que me lembre de boas histórias da infância, quem sabe!?

Dener: brasileiro, mineiro, blogueiro, estudante, sagitariano, franco e criativo. Gosto (muito) de filmes, seriados americanos e de fotografar nas horas vagas. Sou fanático por Festas a Fantasia, Halloweens e Cosplayers. Interesso-me por humor, costumes estrangeiros, design, portfólios, blogs e redes sociais.

Entre em contato: sorrisonafoto@yahoo.com.br

• Facebook •

• Instagram •

Follow by Email

• Tradutor •

• Mais lidos •

• Arquivos •

• Vídeos •

• Look do Blog •

• Look do Blog •
Calor com estilo

• Acessos do blog •

• Atenção •

O conteúdo do blog não pode ser reproduzido sem prévia autorização. Entre em contato! ☺


Tecnologia do Blogger.
 
Todos os direitos reservados 2018 - 2019 | Design E Programação: Espalhando Bonitezas