6 de fevereiro de 2014

Cosplay: diversão e fantasia

>


Cosplay significa brincar de se fantasiar, sua definição vem de “Cos” - abreviação de costume (fantasia em inglês) e “Play” - (brincar em inglês). Mas não confunda um cosplay com uma simples fantasia: enquanto o cosplay é se fantasiar de um personagem em específico, observando detalhes e tentando ser o mais idêntico possível, a fantasia é vestir-se de algo genérico (fada, pirata, havaiana, palhaço).
O cosplay é um hobby que consiste em fantasiar-se de personagens de quadrinhos (mangás), games e desenhos animados japoneses. Pode englobar também personagens de filmes, séries, livros e animações. Além de fazer os trajes, os participantes também interpretam o personagem caracterizado, reproduzindo os traços de personalidade (postura, falas e poses típicas). A brincadeira de se fantasiar de um personagem cresce cada vez mais, isso resulta em inúmeros eventos nacionais e internacionais relacionados ao tema, além de representar um elevado gasto aos praticantes de cosplay, pois na busca pela perfeição de suas fantasias importam produtos e confeccionam peças muitas vezes inexistentes em seu país.



Onde e como surgiu o Cosplay: em 1939, durante a 1ª World Science Fiction Convention (Worldcon), em New York, um jovem de 22 anos chamado Forrest J. Ackerman, e sua amiga Myrtle R. Douglas compareceram ao evento como os únicos fantasiados. Ackerman, que futuramente se tornaria influente no campo da ficção científica, usava um rústico traje de piloto espacial o qual chamou de "Futuricostume", e Myrtle estava caracterizada com um vestido inspirado no filme clássico de 1936 "Things to Come". Ambos causaram agitação entre o publico e suas fantasias fizeram tanto sucesso que no ano seguinte, muitas pessoas se fantasiaram com trajes de ficção científica.
 Em 1984 Nobuyuki Takahashi, de um estúdio japonês (Studio Hard), visitou a Worldcon daquele ano, em Los Angeles, ele ficou tão impressionado que publicou sobre isso em revistas japonesas de ficção científica, criando e difundindo um novo termo para definir o que havia presenciado: Cosplay. Com o passar do tempo as pessoas passaram a se fantasiar nas convenções japonesas evoluindo para a caracterização de personagens de animes e mangás.



Cosplay no Brasil: começou por volta de 1996 com a primeira convenção de animes do país, o Mangacon. Realizado na cidade de São Paulo pela ABRADEMI - Associação Brasileira de Desenhistas de Mangá e Ilustrações. O evento é considerado o marco inicial da difusão do cosplay no Brasil, sendo realizado em um período de redescobrimento dos animes na televisão brasileira (Cavaleiros do Zodíaco). Ao longo dos anos a prática do cosplay cresceu de forma exponencial, espalhando-se por todas as regiões do país.



Eventos, sites e dicas sobre cosplay: os sites "Arquivo Cosplay Brasil" e "Cosplay Party Br" foram alguns dos pioneiros a tratar do assunto no Brasil. Em 2002 ambos se uniram, formando o CosplayBrasil, que reúne a maior comunidade brasileira de praticantes e simpatizantes do cosplay. O Anime Friends é organizado pela Yamato Comunicações e Eventos e é o maior concurso de cosplay do Brasil. Já o Anime Dreams é o segundo maior evento de cosplay do país. A Yamato Comunicações e Eventos organiza também o maior concurso de cosplay individual do Brasil, o YCC -Yamato Cosplay Cup. Ele é único que agrega competidores de todas as regiões do país. A Editora JBC organiza o WCSBrasil que reúne duplas nas competições. Esses dois últimos eventos escolhem os melhores cosplayers do país para representar o Brasil na final mundial de cosplay que é realizada todos os anos no Japão.




Para ver mais imagens acesse os links: 1, 2 e 3.

Referências para o texto: 1, 2 e 3.
Postado por sorrisonafoto às 20:00

0 comentários:

Postar um comentário

Mande-nos um e-mail